Calendário

Dezembro 2017
D S
1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31

Licitações

Licitacoes FCC

Editais

Galeria de Fotos

BIR 7779

Vídeos

vainer

A montagem é a primeira ópera inspirada no “Menino Maluquinho”, obra de Ziraldo. Será apresentada, de 10 a 14 de outubro, no Salão Leopoldo Miguez da Escola de Música da UFRJ, no Rio de Janeiro. São cinco récitas, duas exclusivas para alunos de escolas públicas e particulares e três abertas ao público. A direção geral da ópera é de Maria José Chevitarese, a direção cênica é de José Henrique Moreira e a regência é de Ernani Aguiar e Kaique Stumpf.

O Menino Maluquinho chega aos palcos da universidade para a cidade com macaquinhos no sótão, fogo no rabo e pernas enormes para abraçar o mundo. Os personagens ganham vida com elenco formado por 10 cantores do Coral Brasil Ensemble (adulto), 50 crianças do Coral Infantil da UFRJ, embalados pelas músicas do compositor Calimério Soares e libreto de Nilson Nunes. Calimério sempre desejou escrever música para a infância. Com base na obra-prima de Ziraldo, decidiu justapor recursos tonais e atonais numa mistura de estilos, combinando-os com elementos eletroacústicos para vozes solistas e coro infantil. A Orquestra de Câmara acompanha toda a apresentação com instrumentos de sopro e percussão.

A peça foi escrita originalmente em inglês com o título Crazy Boy. A recente versão é cantada em português, em um ato dividido em dez cenas, com 50 minutos de duração. O personagem Menino Maluquinho é conhecido por suas travessuras, pela panela na cabeça, por ter “o olho maior do que a barriga e vento nos pés”. Ele é sabido, amigão e lidera sua turma em muitas brincadeiras e confusão no palco. É uma diversão para toda a família.

O livro foi lançado em 1980 na Bienal do Livro de São Paulo e se transformou em grande sucesso editorial. Vendeu mais de três milhões de exemplares e foi traduzido para vários idiomas. Já virou história em quadrinhos, peça de teatro, filme, série de TV e ópera.

O projeto “A Escola Vai à Ópera” sempre apresenta sua produção anual na semana do Dia das Crianças. Em 2017, o oitavo trabalho será encenado no Salão Leopoldo Miguez, que já recebeu mais de dez mil alunos da rede pública e particular de ensino. A ópera é um gênero artístico com pouca programação e de acesso limitado. A iniciativa da Escola de Música possibilita a crianças, jovens e adultos de todas as classes sociais a oportunidade de conhecer e se emocionar com a riqueza artística do espetáculo. O projeto também colabora para formar novas plateias, estimula o potencial artístico de crianças e jovens e promove intercâmbio entre unidades da UFRJ. A ficha técnica mostra a integração entre a Escola de Música, os cursos de Direção Teatral e a Escola de Belas Artes (figurino e cenografia).

PROGRAMAÇÃO

Faixa etária livre. 50 minutos de duração

- Récitas para Escolas:

10 e 11 de outubro, às 14h30

*As escolas devem agendar a participação com antecedência pelo e-mail:

O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

- Récitas abertas ao Público:

10 de outubro, às 18h30

12 e 14 de outubro, às 16h

O Salão Leopoldo Miguez da Escola de Música da UFRJ fica na rua do Passeio, 98, Centro. Telefone: 2240-1441

 

Para mais informações:

www.musica.ufrj.br

 

 

Clécia Oliveira

UFRJ Fórum de Ciência e Cultura da UFRJ
Desenvolvido por: TIC/UFRJ