Agenda cultural

Dezembro 2018
D S
1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31

Licitações e Editais

logo FCC negativo

Galeria de Fotos

BIR 7779

Vídeos

vainer

 68.50. jpeg1

Nos dias 25 e 26 de abril, a Faculdade de Educação realiza o evento “68/50 – Um possível, em meio ao sufoco”, no Colégio Brasileiro de Altos Estudos (CBAE)/UFRJ. Serão apresentadas as mesas-redondas: 68 e as reconversões subjetivas; Estética, pensamentos e política; Contracultura, ética e acontecimento, e O maio de 68 por aqui e o que veio depois. O objetivo das atividades é retornar, 50 anos depois, aos dias de 1968 e repensar os desdobramentos e impacto das ações na atualidade.

Maio de 68 permanece como um signo maior de novas configurações e de novos possíveis. São novas perspectivas, novos processos de subjetivação, novas formas da política, novos sujeitos em luta. Das universidades para as ruas já existe um movimento que contraria expectativas e explicita a reversão de um determinado estado de coisas. A contraefetuação de um estado de coisas é a marca do movimento.

Será discutido texto de Deleuze & Guattari, escrito cerca de 15 anos depois dos acontecimentos de 1968. Os autores estabelecem uma recensão do que aconteceu: a (in) atualidade, os devires e as perspectivas ético-políticas do Maio. Um possível, em meio a tanto sufoco: da nova estética da vida à nova pedagogia do mundo e das gentes.

O programa conta com a participação dos professores Alessandro Carvalho (UNIRIO), Auterives Maciel (PUC-Rio), Carlos Vainer (FCC/UFRJ), Elton Luiz (UNIRIO), Mariana de Toledo Barbosa (UFF), Mario Bruno (UERJ e UFF), Ovídio Abreu (UERJ), Paulo Oneto (UFRJ), Rodrigo Guerron (UERJ) entre outros.

O Colégio Brasileiro de Altos Estudos (CBAE)/UFRJ fica na avenida Rui Barbosa, 762, térreo – Flamengo.

UFRJ Fórum de Ciência e Cultura da UFRJ
Desenvolvido por: TIC/UFRJ